AGRICULTOR EXPERIMENTADOR SEU GERALDO É HOMENAGEADO PELA REVISTA TRIP


Publicado há 6 anos, 2 meses


Geraldo Gomes. Foto: Ripper
Seu Geraldo Gomes, agricultor experimentador do Semiárido brasileiro que faz parte das dinâmicas da ASA em Minas Gerais, é um dos homenageados da sétima edição do Prêmio Trip Transformadores, realizado pela revista Trip e considerado, segundo o site da premiação, um dos mais importantes do cenário editorial brasileiro.

Agricultor, guardião de sementes nativas que estavam desaparecendo de sua comunidade e município, comunicador popular, cantador, poeta e sanfoneiro, seu Geraldo divide a homenagem este ano com nomes conhecidos em todo o Brasil como a cantora Daniela Mercury e o deputado fluminense Marcelo Freixo.

No site da
Trip Empreendedores, a iniciativa é assim descrita: “O Prêmio Trip Transformadores nasceu como uma forma de homenagear e de reconhecer o trabalho de pessoas que se transformaram ajudando a transformar a realidade em que vivem.”
E seu Geraldo, agricultor familiar “nascido e criado na comunidade de Barra do Touro, no munícipio de Serranópolis de Minas (MG)”, foi apresentado no texto do site do prêmio como “embaixador de um valioso conhecimento sobre a terra e sobre a gente que faz cada vez mais falta nestes tempos de crise global e mudança climática.”

Ele vive na zona rural, trabalha com a terra, tem uma enorme consciência ambiental, ama e respeita todas as formas de vida e está conectado com o mundo virtual. Comunicador nato, daqueles que fala com desenvoltura sobre um tema que lhe inspira por um longo tempo sem cansar, apresenta um programa de rádio e registrou em vídeo o valor e importância das sementes crioulas de sua infância.

No audiovisual, produzido, dirigido e apresentado por ele próprio e filmado com ajuda de amigos agricultores, que ganhou o mundo virtual através do Youtube, seu Geraldo explica o tipo da semente, fala o fruto que a planta dá, os seus usos, conta as tradições das comunidades de tempos passados com relação a esta variedade de sementes.

A sua ligação com a cultura popular vem de duas gerações anteriores. A do avô João Francisco, seu pai José e seus tios Jair, Argeu e Getúlio, que criaram a banda Seresteiros do Luar que animava sempre as festividades da sua região. Hoje, Geraldo e mais oito agricultores cantadores, mantém o grupo, que tem sua história contada e divulgada em um
blog que leva o nome da banda.


Busca no blog

POSTAGENS POR DATA