Águas para a Vida: evento celebra programa de cisternas no Vale do Jequitinhonha


Publicado há 9 anos

Por Myrlene Pereira- Cáritas Dioc. Araçuaí e ASA Minas


A Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro Sebastião, do município de Ponto dos Volantes, no Médio Vale do Jequitinhonha, organizou diversas atividades para a comunidade administradas pelo Padre Júlio Antônio Rocha, em comemoração à Semana da Vida.


Realizada pela CNBB, a Semana aconteceu entre os dias1 a8 de outubro de 2011, com o tema “Vida, ecologia humana e meio ambiente”. Entre as atividades realizadas estavam encontro de casais, encontro da família, festa das crianças e outras.


Padre Júlio é ex-presidente da Cáritas Diocesana de Araçuaí e atual presidente do Conselho Regional da Cáritas Minas Gerais. Uma das atividades que mais lhe renderam atenções foi a Missa da Água Para a Vida, organizada a pedido de Maria Gomes de Andrade, a Dona Lica, de 83 anos, na comunidade Guaribas, onde ela mora.


Dona Lica foi beneficiada com as cisternas de placas (16 mil litros) e calçadão (52 mil litros) dos Programas Um Milhão de Cisternas (P1MC) e Uma Terra e Duas Águas (P1+2), respectivamente, da Articulação no Semiárido – ASA. Segundo ela, “essa missa é para mostrar toda a felicidade desse povo, que já sofreu muito, mas é trabalhador e fez muito esforço para ter esse privilégio, que é a água nas cisternas”. Estiveram presentes moradores de oito comunidades, dentre eles, alguns que também foram beneficiados com os Programas.


Durante a missa, Pe. Júlio fez a benção da água, como símbolo de vida e todos os fiéis se benzeram. Ao final, representantes da Comissão Executiva Municipal dos Programas da ASA, construtores de cisterna e representantes comunitários deram depoimentos de como o P1+2 aconteceu no município.


Seu Adelson, que faz parte da comissão local, expressou o significado da mobilização das comissões municipais “A comissão executiva somos todos nós e, através dela, vamos conseguir reivindicar as políticas públicas que queremos para desenvolver o nosso município”.


Em todo o Vale do Jequitinhonha, no período de fevereiro a setembro deste ano, foram construídas 76 cisternas calçadão, 5 tanques de pedra e 5 barragens subterrâneas para captação de água da chuva. Todas estas através da Cáritas Diocesana de Araçuaí, Unidade Gestora Territorial (UGT) da ASA. No município de Ponto dos Volantes, em parceria com a Paróquia, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Visão Mundial, foram construídas 31 cisternas calçadão e 2 tanques de pedra, que já começam a armazenar seus primeiros litros d’água.


Após 5 meses sem chover, o semiárido mineiro, em especial o Vale do Jequitinhonha, voltou a se alegrar com o sinal de que este bem precioso está a caminho. Uma característica do semiárido é que ao primeiro sinal de chuva a região já começa a se livrar do aspecto seco do período de estiagem e se cobre de verde.


Desde o fim de setembro, a chuva significa mais do que o renascimento da terra. Agora, ela significa prosperidade também no período seco. Para Padre Júlio, a Semana da Vida, tendo como pano de fundo a água, é muito significativa. Ele afirma que a vida humana no ambiente semiárido é toda em torno da água. “Esse elemento é tudo para nós. Cuidar bem das nascentes dos cursos d’água e da água em si não está só no elemento mineral, mas se torna uma mística muito profunda no tocante a preservação da vida”, conclui.

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA