ASA transformando a realidade de famílias agricultoras


Publicado há 7 anos, 5 meses

Por Priscila Souza - Comunicadora Popular da ASA/Cáritas.

Barragem subterrânea produz arroz nas terras de Dirceu e Maria Janete | Foto: Priscila Souza

No Semiárido mineiro, a vida de milhares de pessoas vem se transformando através do trabalho da ASA (Articulação no Semi-Árido). O casal Maria Janete e Dirceu faz parte de uma das 15 mil famílias de Minas Gerais que acessaram os programas de desenvolvimento sustentáveis no Semiárido através da ASA. Eles moram há três anos no assentamento Carlito Maia, município de Japonvar, em uma região que sempre sofreu com a falta de água.

Maria Janete conta que no primeiro ano, quando se mudou para a região, ela ia buscar água com uma lata na cabeça a 3km de distância de sua casa. Com a chegada da ASA, através do Programa Um Milhão de Cisternas (P1MC), executado na região pela Cáritas Diocesana de Januária, a família foi beneficiada com uma cisterna de captação de água de chuva com capacidade de 16 mil litros de água.

“A vinda destas cisternas de placa melhorou bastante. Nós não tivemos mais falta de água e agora a gente capta a água da chuva. Foi maravilhoso para mim, eu falo que caiu do céu”, conta Maria Janete. Ao todo, cerca de 14.200 famílias em Minas Gerais já receberam cisternas de captação de água para consumo humano através da ASA.

Na época do acampamento, o casal vivia no meio do mato, dormia em baixo de lona e com dificuldade de acesso à água e alimentação. Hoje, eles contam que tudo mudou. Comemoram com alegria as terras que foram conquistadas e agora podem produzir seus alimentos: roça de milho, mandioca e abóbora.

No final do ano passado, Dirceu e Maria Janete foram beneficiados com o Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), que também é um programa da ASA executado na região pela Cáritas Regional Minas Gerais. O P1+2 já atendeu cerca de 1.400 famílias no Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha com tecnologias sociais de captação de água de chuva para produção de alimentos e criação de pequenos animais.

Atualmente, o casal não têm dificuldade de acesso à água para beber, pois têm a cisterna de placa, nem de água para produção de alimentos, por causa da barragem subterrânea construída pertinho de casa.

Dirceu conta que não via crescer arroz na região há mais de oito anos, mas isso mudou depois que a ASA apareceu por lá. “O dia mais bonito desde que moramos aqui foi depois que colocaram esta barragem subterrânea, porque não conhecíamos. Quando encheu de água e plantamos o arroz, foi maravilhoso”, lembra Dirceu.

Com a maior disponibilidade de água possibilitada com a barragem subterrânea eles passaram a ter maior capacidade de produção e assim aumentaram a quantidade e diversidade de alimentos na mesa da família, trazendo soberania e segurança alimentar e nutricional.

ASA Minas
A Articulação no Semi-Árido Mineiro (ASA Minas) é uma rede formada por cerca de 170 organizações da sociedade civil, que busca a qualidade de vida no sertão através da convivência com o semiárido respeitando seu povo, sua sabedoria e o meio ambiente. A Cáritas Diocesana de Januária e Regional Minas Gerais são membros da ASA e têm como diretriz a construção do desenvolvimento solidário sustentável e territorial, na perspectiva de um projeto popular de sociedade democrática.

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA