Camponeses do MPA fazem manifestação em Montes Claros


Publicado há 10 anos

Mais de 200 famílias camponeses e camponesas de diversas regiões do estado de Minas Gerais estão ocupando a BR 365, próximo ao trevo na saída para Pirapora, no município de Montes Claros, desde as 6:30 horas da manhã desta quarta-feira, 26 de maio. Com esse mesmo espírito de luta e cansados de serem esquecidos os camponeses do Vale do Rio Doce também ocupam agências do Banco do Brasil, com o objetivo de renegociarem suas dívidas, já que o governo prioriza o perdão das dívidas somente para os latifundiários e empresários rurais. Estas ocupações fazem parte da Jornada Nacional de Luta Camponesa, que inicia hoje em todo Brasil. Nós, camponeses (as) organizados no Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA – estamos em luta buscando o direito de viver com condições dignas.

Somos trabalhadores do campo e gostamos de viver na roça. Mas o modelo de desenvolvimento adotado no Brasil e os governantes, com as políticas que vem adotando, só contribuem para expulsar os camponeses do meio rural, priorizando os grandes projetos de monocultura para exportação como eucalipto, soja, cana e carne que ocupam imensas áreas de terra, destroem as matas, envenenam e secam as fontes de água.

Mesmo com a falta de recursos e apoio político, a agricultura camponesa é a grande responsável pela produção de alimentos e pela preservação do meio ambiente. Mesmo ocupando apenas 24% das terras agricultáveis do país, a agricultura camponesa é responsável por mais de 70% dos alimentos consumidos no Brasil, e quase 40% do valor bruto da produção agrícola do país. De cada 10 empregos existentes na zona rural, 7 são gerados pela agricultura camponesa. Em contrapartida, o agronegócio, que não produz comida e destrói o meio ambiente, concentra mais de 75% das áreas produtivas do país e recebe quase 80% dos investimentos públicos destinados a agricultura, gerando apenas 3, de cada 10 empregos existentes no campo.

Camponeses do MPA

Confira a Pauta 2010 do MPA Brasil aqui.
*dados: IBGE- Senso agropecuário 2006/2007

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA