CARÁTER PRODUTIVO ENTREGA 5.600 MUDAS DE PLANTAS FRUTÍFERAS NOS MUNICÍPIOS DE CURRAL DE DENTRO, JENIPAPO DE MINAS E FRANCISCO BADARÓ


Publicado há 4 anos



Por Giovana Prates e Diêgo Alves Comunicadores populares/ASA e Cáritas Diocesana de Araçuaí


A Cáritas Diocesana de Araçuaí junto com o programa  Uma Terra e Duas Águas(P1+2) financiado pelo Banco Nacional do  Desenvolvimento Econômico e  Social (BNDES) em sua fase final, entrega 5.600 mudas de plantas frutíferas do caráter produtivo  para 140 famílias no município de Jenipapo de Minas. As entregas foram feitas no dia 04 de novembro na sede do  STR de Jenipapo,  cada família recebeu 40 mudas diversificadas, laranja, manga, umbu, caju, limão, maracujá, graviola, acerola e goiaba.
Além das mudas foram entregues materiais para a confecção do canteiro econômico ( mangueiras e lonas), sombrite, telas, e arames, e saches com sementes  diversificadas de  hortaliças( alface, couve, coentro, mostarda etc).
O P1+2  entregou um total de  12.800 mudas, beneficiado 320 famílias nos municípios de Curral de Dentro, Jenipapo de Minas e Francisco Badaró.
O caráter produtivo é composto por  materiais, mudas e sementes que são entregues no final do projeto, seu principal objetivo é garantir para as famílias beneficiadas com as tecnologias sociais da ASA soberania alimentar e qualidade de vida.
Segundo Samuel Silva animador social, o programa  é mais do que uma construção de cisterna ele ultrapassa diversas etapas que vão além das construções, das mobilizações e dos cursos de Gestão de Água para Produção de Alimentos (GAPA) e o do Sistema Simplificado de Manejo da Água (SISMA).
 “O caráter  produtivo é uma continuidade do projeto, o material já faz parte do programa e serve como contrapartida para a família poder produzir seu próprio alimento”, relata ele. 
“Além dos materiais, as famílias foram capacitadas para o bom uso de todo o material, os técnicos de campo, fazem o acompanhamento de perto auxiliando-as nas etapas de plantio e manejo destes insumos”. Relata Hary Brenner animador social do projeto.
Para Adriana Costa da comunidade Bosque Município de Jenipapo, as mudas, as sementes e todo o material irão ajudar muito, principalmente quando começarem a produzir. ” Não faltará frutas para minha família, e além de tudo, saudáveis. Diz, Adriana.
Já Rosana Silva diz que deseja implementar em sua casa tudo que aprendeu nos cursos e nos intercâmbios. “ As experiências que aprendi , quero colocar tudo em minha casa”, diz
Segundo Cléia de Fátima, coordenadora técnica do projeto, A parceria com o BNDES para realização do projeto da ASA P1+2 BNDES,  possibilitou Aa construção de 320 tecnologias de captação de água de chuva as famílias camponesas  de baixa renda e em situação de escassez de água para plantio e produção de alimentos, o que irá garantir a segurança alimentar e nutricional em épocas de escassez de chuvas. Através do recurso foi possível atingir vários objetivos propostos pelo programa da ASA como: capacitações em manejo de água, gestão da água para produção de alimentos, aprofundamento das práticas agroecológicas, resgate de sabres tradicionais, uso de sementes crioulos etc.
“A parceria com o BNDES foi fundamental para o protagonismo  e autonomia das famílias do semiárido, em especial, Vale do Jequitinhonha, nos municípios de Curral de Dentro, Jenipapo de Minas e Francisco Badaró, onde a Cáritas Diocesana de Araçuaí atuou”, pontua ela.



Busca no blog

POSTAGENS POR DATA