Comunidade de Areião recebe visitantes para Seminário de Lançamento do Projeto Peruaçu


Publicado há 7 anos




Por Paula Alves – Comunicadora Popular
Cáritas Diocesana de Januária – MG



Foi embaixo de uma majestosa Gameleira na Comunidade de Areião no município de Januária - MG que o povo se reuniu no dia 09 de maio para as atividades do Seminário de Lançamento do Projeto Peruaçu. Os mais de 150 presentesentre membros das comunidades e parceiros locais assistiram a uma bela mística que contou um pouco a história do Rio Peruaçu que hoje está pedindo ajuda para voltar a correr cheio de água como antigamente.

Dona Delícia Fernandes da Mota da Comunidade de Buritizinho falou que água do rio além de pouco é contaminada, mas se mostrou esperançosa em mudar essa situação “Com esse projeto vai ser bom para o rio e vai ser bom pra gente. A qualidade da saúde da comunidade vai melhorar muito com o rio limpinho.”

O Projeto Peruaçu é uma iniciativa que pretende através da implementação de tecnologias sociais alcançar o desenvolvimento socioambiental, incentivando atividades produtivas geradoras de dignidade, qualidade de vida, renda e que possibilitem a revitalização do Rio Peruaçu.
As tecnologias sociais previstas para o Projeto são 200 barraginhas de alimentação do lençol d’ água; 100 cisternas de placas para consumo humano; 100 fossas biogestoras; 40 cisternas calçadão e 2 casas/bancos de sementes crioulas.

O Seminário foi um momento de celebração das atividades que já estão sendo desenvolvidas há alguns meses e de compromisso com a continuidade das mesmas.Sobre os desafios dessa caminhada seu Honório Pereira Lopes da Comunidade de Areião deu sua opinião “O maior desafio vai ser a conscientização a gente precisa se unir, mas graças a Deus eu sempre pensei positivo e esse seminário dá uma firmeza maior para gente”.

Durante o seminário a comunidade além de participar das discussões mostrou para todosque é um povo festeiro e alegre. Eles organizaram apresentações de danças populares típicas da região como o São Gonçalo, a Folia de Reis, o Samba e o Batuque, o que deu um colorido a mais para o evento.

O Projeto Peruaçu é parte do Programa Água Brasil na bacia do Peruaçu, executado pela Cáritas Diocesana de Januária em parceria com WWF-Brasil, Banco do Brasil, Fundação Banco do Brasil, Agência Nacional de Águas e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

A iniciativa conta também com importantes parceiros locais como Instituto IFNMG através do NEPEMA (Núcleo de Estudos e Pesquisas Minas D’ Água),Coop. Sertão,SEBRAE/MG, BIOTRÓPICOS, Prefeitura de Januária, Secretária de Educação de Januária, Secretária de Assistência Social de Januária, Secretaria de Agricultura de Januária, Instituto Pauline, EMATER de Januária, EMATER de Itacarambi, NIP (Núcleo de Inclusão Produtivca), Associações Locais, Escola Municipal de Areião, Escola Municipal de Vereda Grande II e Escola Municipal Tasso Fragoso deItacarambi.

Sobre os próximos passos do Projeto, Jerre Ribeiro Sales - Coordenador do Projeto Peruaçu pela Cáritas Diocesana de Januária, falou que a expectativa é fechar a seleção e o cadastramento das famílias que serão atendidas com as cisternas de 16 mil litros e finalizar o levantamento e planejamento das 8 (oito) Unidades Demonstrativas até final de Maio.  A partir do mês de junho serão realizadas as capacitações das famílias em Gerenciamento de Recursos Hídricos (GRH) e a identificação das famílias que serão atendidas com as cisternas calçadão.

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA