Evento nacional da ASA reúne agricultores do Semiárido em Pernambuco


Publicado há 9 anos, 1 mês

Por Verônica Pragana - ASA Brasil

Encontro discute o papel das famílias agricultoras na construção das políticas públicas de convivência com o Semiárido


Dona Mirtes vem do município de Apuiaré, a 111 quilômetros de Fortaleza. Já Dona Vitória, vai sair de Castelo do Piauí, município no Semiárido piauiense. De Minas Gerais sairão Dona Raquel e sua vizinha Narcisa da Comunidade Mocó, em Francisco Badaró no Vale do Jequitinhonha, assim como Seu Deraldo, que está vindo de Porteirinha, no Norte do Estado. O destino deles é o mesmo: II Encontro Nacional de Agricultoras e Agricultores Experimentadores do Semiárido, que acontecerá de 27 a 29 deste mês, em Pesqueira, no agreste de Pernambuco.


No Encontro, Dona Mirtes, Dona Raquel, Narcisa, Seu Deraldo e Dona Vitória vão se unir a outros 200 agricultores e agricultoras de todo o Semiárido brasileiro. O que os une no evento é a capacidade de criar alternativas para se adaptar à região semiárida. Por isso que eles ganham o adjetivo de “experimentadores”.


Ao promover o encontro de agricultores e agricultoras de diversas regiões do Semiárido, a ASA reconhece e valoriza o saber tradicional de quem cuida da terra. Esse saber permite uma melhor adaptação às condições semiáridas. Por isso, constam na programação do evento visitas a campo.


“Nas visitas, a idéia é que as famílias anfitriãs apresentem sua trajetória de inovação desde a constituição do núcleo familiar, estratégias de acesso a terra, processos de constituição das infraestruturas hídricas, dos sistemas pecuários, da produção de alimentos e segurança alimentar, distribuição do trabalho nas famílias e das relações de gênero e estratégias de acesso aos mercados”, explica o coordenador do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), Antônio Barbosa.


O P1+2 é um dos programas da ASA, cujo foco é propiciar às famílias tecnologias sociais para armazenamento de água para produção de alimentos, como também infraestrutura mínima para a manutenção do quintal produtivo (terreno ao redor onde se planta pequenas hortas, plantas medicinais e para criação de pequenos animais). Convidados especiais – Representantes dos Ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), do Desenvolvimento Agrário e do Meio Ambiente, do Governo de Pernambuco e do Conselho Nacional de Segurança Alimentar (Consea) foram convidados para participar do Encontro.


Agricultores que moram na região do Chaco, que abrange território da Argentina, Bolívia e Paraguai e tem características semelhantes às do Semiárido brasileiro, estão com presença confirmada.


O evento é realizado pela Articulação no Semi-Árido Brasileiro (ASA Brasil) e apoiado pelo MDS, Ministério o Desenvolvimento Agrário, Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Agência de Cooperação Espanhola, Instituto Ambiental Brasil Sustentável, Fundação Avina e Heifer.

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA