Experiências do Semiárido: A família de Maria de Lourdes na produção de alimentos agrecologicos

Na comunidade Fazenda Caldeirãozinho, município de Porteirinha - MG, mora a família agricultora, Maria de Lourdes e o esposo Gilberto Guimarães e as filhas Geovana e Maria Luísa, continuam produzindo e colhendo alimentos agroecológicos, gerando qualidade de vida.


Na comunidade Fazenda Caldeirãozinho, município de Porteirinha - MG, mora a família agricultora, Maria de Lourdes e o esposo Gilberto Guimarães e as filhas Geovana e Maria Luísa, continuam produzindo e colhendo alimentos agroecológicos, gerando qualidade de vida.


Publicado há 2 meses, 1 semana

Na comunidade Fazenda Caldeirãozinho, município de Porteirinha - MG, mora a família agricultora, Maria de Lourdes e o esposo Gilberto Guimarães e as filhas Geovana e Maria Luísa, continuam produzindo e colhendo alimentos agroecológicos, gerando qualidade de vida.

Beneficiados em 2019 pelo Programa Uma Terra e Duas Águas - P1+2, receberam a cisterna calçadão, tecnologia para captação de água da chuva e reservatório com capacidade para 52 mil litros, que beneficia na produção de alimentos, plantas e criação de pequenos animais, potencializando os quintais produtivos.
O casal conta que o P1+2 foi uma transformação significativa, porque eles tem água com fartura. Eles plantam, uma diversidade de frutíferas, como: tangerina, mamão, laranja, acerola, caju, pinha, goiaba, maracujá, manga, andu e várias hortaliças. Além disso, eles possuem pequenas criações de animais, como os frangos, galinhas e porcos.

Para Maria de Lurdes, "a agricultura é importante, pois só assim dá para levar alimentos saudáveis na mesa das pessoas", ela ainda ressalta que precisamos trabalhar com consciência não usar agrotóxicos ou insumos químicos que prejudicam a natureza.


Postado por: Comunicação ASA Minas

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA