Feirantes de Jequitinhonha promovem oficina de elaboração de projetos


Publicado há 7 anos, 9 meses

Rodrigo Pires
Cáritas Regional Minas Gerais
Os associados da ASFEJE (Associação dos Feirantes de Jequitinhonha) se reuniram no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jequitinhonha para discutir o Fundo Rotativo Solidário da Associação. Os participantes da reunião vinham das comunidades de Craúno, Boa Vista, Nova Araçatuba e São Vicente e dos assentamentos Brejão, Transval e Campo Novo, todos no município de Jequitinhonha.
O encontro teve como objetivo discutir a importância do Fundo Rotativo Solidário (FRS) e qualificar os presentes para elaboração de projetos. Denise Cardoso, do assentamento Brejão, acredita que o Fundo Rotativo Solidário vai ajudar na economia dos feirantes, contribuindo para que continuem vivendo no campo. Ela faz uma analogia com evangelho da festa do Senhor, dizendo que os projetos vão multiplicar os pães para alimentar o povo da cidade.
A partir do vídeo Fundos Rotativos Solidários, da Associação Regional da Zona da Mata, os participantes discutiram sobre a importância em se conhecer a atividade produtiva a qual será elaborado o projeto, em conhecer quem irá fazer empréstimos dos recursos e qual o mercado dos produtos. Além disso, eles também debateram sobre a importância da devolução dos recursos, para que outras pessoas possam se beneficiar.
Outro momento importante foi a elaboração de projetos, na qual os participantes calcularam os custo de produção do que será produzido e a capacidade de pagamento ao empréstimo. Estão sendo elaborados projetos de horticultura, irrigação, suinocultura, equipamentos para beneficiamento e avicultura.
Para Eduardo Tavares, presidente da ASFEJE, para além da elaboração dos projetos, o curso ajudou as pessoas a pensarem no planejamento da sua produção, o que é viável e como estão comercializando na feira. Ao final do encontro, foram marcadas as visita dos agentes da Cáritas Diocesana de Almenara às famílias que vão acessar o Fundo.
Fundo Rotativo Solidário
O Fundo Rotativo Solidário dos Feirantes do Jequitinhonha é um projeto apoiado pelo Banco do Nordeste do Brasil, através do PAPS (Programa de Apoio a Projetos Produtivos Solidários). Este Programa já apoiou 11 projetos de Fundo Rotativos Solidários no semiárido mineiro.
O projeto Fundo Rotativo dos Feirantes de Jequitinhonha é gerido pela Cáritas Diocesana de Almenara e tem uma comissão com representantes dos feirantes para aprovação de projetos. São R$80.000 para o apoio a projetos produtivos individuais de até R$2.000 e coletivos de até R$3.000, com um ano e meio para devolução dos recursos. O projeto também prevê a liberação de um técnico para acompanhar os feirantes.

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA