IV Congresso Nacional da Cáritas Brasileira reforça compromisso com os mais pobres


Publicado há 7 anos, 10 meses

Dos dias 9 a 12 de novembro, cerca de 350 agentes da Cáritas Brasileira de todo Brasil estiveram reunidos em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, para o IV Congresso e XVIII Assembleia Nacional da entidade.

Com o tema “Desenvolvimento Solidário Sustentável e Territorial: Sementes de um Projeto Popular”, os congressistas, dentre diversas atividades culturais que animaram os quatro dias do encontro, avaliaram as ações desenvolvidas pela rede no último quadriênio (2008-2011), definiram as prioridades para os próximos quatro anos (2012-2015), elegeram a nova diretoria e conselho fiscal e aprofundaram debates sobre a temática que permeou todas as atividades do IV Congresso Nacional da Cáritas Brasileira.

Dom Flávio Giovenali, da Diocese de Abaetetuba, no estado do Pará, foi eleito com 63% dos votos para ocupar o cargo de presidente da entidade nos próximo quatro anos. No total, 117 delegados participaram deste processo. Dom Flávio recebeu 74 votos e dom Guilherme Antônio Werlang, da diocese de Ipameri (GO), ficou com 43. Anadete Gonçalves Reis, do Distrito Federal, foi reeleita para a vice-presidência da entidade com 99% dos votos. O cargo de diretor secretário ficou com Pe. Evaldo Praça Ferreira, de Minas Gerais, e Agnaldo Lima, de São Paulo, será foi eleito o novo diretor tesoureiro da entidade.

Já o Conselho Fiscal contará com Clea Amorim (MG), Lucineide Rodrigues (SP) e Otília Balio (BA) como titulares, e padre Wilson Beurs (SP), Adão José Piva (SP) e José Albero de Souza (SP) como suplentes. A nova diretoria e conselho fiscal tomam posse no início de 2012.

Durante o evento também foram definidas a diretriz geral de ação e as prioridades estratégicas que são:

DIRETRIZ GERAL DE AÇÃO

A Cáritas Brasileira se compromete com a construção do Desenvolvimento Solidário Sustentável e Territorial, na perspectiva de um projeto popular de sociedade democrática.

PRIORIDADES ESTRATÉGICAS

I - Promoção e fortalecimento de iniciativas locais e territoriais de desenvolvimento solidário e sustentável;
II - Defesa e promoção de direitos, mobilizações e controle social das políticas públicas;
III - Organização e fortalecimento da Rede Cáritas.

No dia 12, último dia do IV Congresso e XVIII Assembleia Nacional da Cáritas Brasileira, ocorreu a entrega do II Prêmio Odair Firmino de Solidariedade. O terceiro lugar ficou com o Grupo de Produção Rural Serra Gavião (PI). A experiência Começar de Novo (MG) foi a segunda classificada e A Luta das Mulheres Indígenas – Comisulba (BA) ficou com o primeiro lugar do prêmio. As três finalistas, além de um troféu e certificado, receberam um prêmio em dinheiro no valor de R$ 10 mil para o primeiro lugar, R$ 5 mil para o segundo e um prêmio de R$ 3 mil para o terceiro.


Equipe de Comunicação Cáritas Brasileira

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA