JOVENS CRIAM CAMPANHA PELA CONSTRUÇÃO EMERGENCIAL DE CISTERNAS DE PLACA NO INTERIOR DO NORDESTE


Publicado há 6 anos, 7 meses

Via Blog do Vinnicius Moraes


Alunos do Comitê do Sagrado, da Escola SESC de Ensino Médio, no Rio de Janeiro, criaram uma campanha pela construção emergencial de cisternas no interior do nordeste brasileiro.

Composto por jovens evangélicos, católicos, ateus e espíritas que moram e estudam na escola e que desejam trabalhar os valores de paz, tolerância e solidariedade, o Comitê ouviu pessoas que atuam no semiárido e, embora cientes do projeto de transposição do rio São Francisco, os estudantes acharam por bem apoiar a demanda dos movimentos populares que atuam no sertão, buscando formas de apressar a construção de cisternas para amenizar a situação do povo mais carente. "Muitos dos estudantes vieram daquela região e sabem o que é sentir sede. Nos mobilizamos a partir dessa realidade e do pedido de um padre amigo da cidade de Quiterianópolis, no Ceará", explica o professor de Filosofia da instituição, Mateus Xavier.

Em sua primeira ação pelas redes sociais, o grupo está coletando assinaturas em uma petição dirigida, entre outras autoridades, à presidenta da República, ao ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, ao ministro da Integração Nacional e aos governadores dos estados do Ceará e de Pernambuco.

Em recente entrevista à IHU On-Line (revista semanal do Instituto Humanitas Unisinos, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos), a coordenadora executiva da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) no Ceará, Cristina Nascimento, ressalta que cisternas de placas "implicam uma tecnologia social simples, de baixo custo. Essas cisternas são feitas de um reservatório de cimento, construído pelos próprios agricultores, e têm a capacidade de armazenar 16 mil litros de água, que serve para o consumo humano. Essa cisterna tem a capacidade de armazenar água por quatro a seis meses no período de estiagem, para uma família de seis pessoas.

 Além do problema da seca, os estudantes estão preocupados com o número de suicídios entre os jovens quiterianopolenses. Assim, pedem também às autoridades um olhar prioritário para a cidade do sertão cearense, com investimentos em políticas públicas para a juventude

Navegue pela página da campanha/petição e participe:
- Construção emergencial de cisternas de placa no interior do nordeste brasileiro

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA