Rede de Comunicadores Populares participa de oficina de fotografia em Porteirinha


Publicado há 10 anos, 5 meses

Integrantes da Rede de Comunicadores Populares da Articulação no Semi-Árido de Minas Gerais (ASA Minas), das regiões do Vale do Jequitinhonha e Norte de Minas, participaram da oficina de Fotografia e Direitos Humanos, realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Porteirinha, nos dias 17 a 19 de maio.

Nos três dias de discussão os comunicadores debateram a comunicação e informação como liberdade e direito fundamental, a história da fotografia e de grandes fotógrafos humanistas, o surgimento do fotojornalismo, linguagens técnicas e aula prática de identificação, edição e indexação de imagens. Cerca de 40 pessoas participaram da oficina.

O coordenador dos trabalhos e ministrante da oficina, João Roberto Ripper, é fotógrafo e faz parte da ONG Observatório de Favelas, no complexo da Maré, Rio de Janeiro. Ripper tem como proposta colocar a fotografia a serviço dos Direitos Humanos, sendo a fotografia social, documental e o fotojornalismo suas especialidades. Conheça mais sobre o trabalho desta ONG no site www.observatoriodefavelas.org.br

Maicon Tavares e Wagner Rodrygo Lima, da Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Montes Claros, dizem já ter uma familiaridade com a fotografia, mas esperam se aperfeiçoar durante o curso. Eles acreditam que o curso poderá contribuir para a profissionalização de suas funções na Pastoral.

A comunicadora popular da ASA Minas, Lívia Bacelete, da Cáritas Regional Minas Gerais, diz já ter contato com a fotografia e filmagem, apesar de não ser fotógrafa. “Minha expectativa é aperfeiçoar a técnica e discutir o poder da imagem. Este momento é importante para reunir pessoas da mesma região e pensar caminhos juntos e fortalecer a rede de comunicadores”, afirma.

Helen Santa Rosa, assessora de Comunicação do Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas (CAA/NM), declara que a oficina visa colaborar na qualificação dos registros fotográficos do CAA/NM e parceiros locais, além de fortalecer a Rede de Comunicadores Populares no Semiárido Mineiro.

Em breve, as fotos da oficina serão divulgadas neste blog.

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA