Roda de guardiões apresenta desafios e perspectivas para a articulação internacional


Publicado há 6 anos, 7 meses



Helen Santa Rosa
Assessora de Comunicação - CAA/NM

O diálogo e a troca de experiências entre guardiões e guardiãs do semiárido mineiro e América Central foi destaque na manhã do I Encontro de Agrobiodiversidade . O evento que acontece em Montes Claros/MG, fortalece a articulação entre pesquisadores e guardiões e debate estratégias e políticas públicas para conservação da agrobiodiversidade frente às mudanças climáticas.

Participaram da Roda os guardiões Cristovino Ferreira do Assentamento Americana, Elisângela Aquino do Assentamento Tapera, Valteir Soares do município de Itinga, Maria de Fátima Alves apanhadora de flor de Diamantina, Nicolau Xakriabá e Alícia Sarmiento do México. Em pauta, a percepção dos guardiões sobre o impacto  das mudanças climáticas na agricultura, principais desafios e propostas para mitigar estes efeitos.
A retomada dos territórios, a conservação das águas e o fortalecimento das estratégias de conservação das sementes crioulas foram colocados como os maiores desafios. “Não podemos aceitar o milho transgênico, que tem contaminado as nossas variedades de sementes crioulas”, expõe Alícia Sarmiento, camponesa do México. “ Os grandes empreendimentos econômicos como mineradoras e monoculturas são os principais causadores das mudanças climáticas. Nós sempre cuidamos da natureza e produzimos em harmonia com o meio ambiente”, reforça Sarmiento.

As mudanças climáticas atingem diretamente os agricultores. “ Os efeitos das mudanças afetam primeiro a biodiversidade, mudam o ciclo das plantas, a dinâmica da vida dos animais e mudam totalmente a nossa cultura, o nosso modo de produzir e viver”, relata Cristovino Ferreira Neto, geraizeiro do Assentamento Americana.    


Articulação Internacional –  A presença de camponeses de Honduras, Guatemala, Costa Rica, Colômbia e México reforça a necessidade de  ações de cooperação e articulação política entre os países. “Quando visitamos os assentamentos e agora ao ouvir os relatos dos guardiões percebemos que nossos desafios são os mesmos. Precisamos fortalecer a nossa aliança pela conservação da agrobiodiversidade, pela nossa saúde”, Alícia. 

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA