Território do Alto Rio Pardo discute comunicação popular


Publicado há 8 anos

Helen Borborema - comunicadora popular da ASA / STR Porteirinha-MG

Cada vez mais movimentos sociais e entidades representativas reconhecem o poder da comunicação popular. Tem sido assim também na microrregião do Alto Rio Pardo, no semiárido mineiro. No último dia 11, comunicadores populares e diretores dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais da região, reuniram-se para debater e fortalecer estratégias de comunicação popular.

A reunião aconteceu na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Taiobeiras. Também participaram representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São João do Paraíso, de Rio Pardo de Minas e de Salinas.

Inicialmente foi feito um resgate histórico da Articulação no Semi-Árido (ASA) e do Movimento Articulado dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais Organizados (MASTRO). Depois foi realizada a Oficina de Notícia, tendo como objetivo principal as possibilidades de abordagem da notícia.

Logo depois, foi feito um planejamento da construção da proposta do Jornal do Mastro, importante meio de comunicação já levantado pelo coletivo anteriormente. A ideia foi trabalhar o jornal como um meio, e não como um fim ou apenas um produto. Segundo Helen Santa Rosa, assessora de comunicação do Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas – CAA/NM e participante da Rede de Comunicadores Populares do Semiárido Mineiro, o mais importante foi a discussão política do que significa mais essa ferramenta. O objetivo é apresentar a proposta do informativo na próxima reunião do coletivo do Mastro para o planejamento do ano de 2012.

Busca no blog

POSTAGENS POR DATA